domingo, 13 de fevereiro de 2011

1º Passo - Saciar as necessidades básicas

Estou faminto hoje.
Faminto de pessoas especiais. De sentimentos especiais. Comer e saborear de boca cheia. 
Estou sedento hoje.
Não bebo fazem tantos meses. Ando neste deserto a morrer à sede e nada me saceia. Só me dão venenos a beber e eu desesperado deixo.
Estou especial hoje.
Pessoas que não sejam especiais hoje de mim não se aproximam. Não me estragam isto que eu trago nos bolsos. Eles estão cheios de coisas boas. Não de sonhos que para sonhar é preciso haver alguém com quem o fazer.
Estou sozinho hoje.
Estou e vou ficar. Vou à praia. Vou ser picado, literalmente. Deste meu sol que me adora sarcasticamente. Que me fere para eu sentir que o que é bom também dói um dia. Porque nada é perfeito e o universo, tal como a natureza, procura sempre o equilíbrio.
Estou a sentir hoje.
Sinto o meu corpo, sinto a necessidade que tenho de ti, que viesses, que nascesses do nada e que te tornasses tudo o que eu quero.
Estou a viver hoje.
Eu, estou a ser eu.

1 comentário:

  1. you're so special, sweetheart, and don't you ever doubt it .

    ResponderEliminar